Nós já trabalhamos com comercialização de arte há muitos anos e durante esse período sempre nos chegou algumas perguntas que eram padrão. Definimos essas perguntas como dúvidas que pessoas que estão no início do processo de aquisição das primeiras obras de arte tem normalmente.

Um dúvida básica:

P : Estou interessado / interessada em comprar arte, mas não sei nada sobre o assunto, por onde começo?

Primeiro você vai ter que descobrir seus gostos, não adianta entrar em uma galeria e sair comprando. A sugestão é entrar em museus. Dar preferência para exposição de artistas vivos e que estão na ativa.

Tudo começa por um estudo de mercado. Acompanhar o que está sendo vendido nos leilões, fazer um mapa de galerias para frequentar a cada 3 meses. Ler mais a respeito em sites especializados como Select, Dasarte e Brasileiros.

Comprar obra de arte antes de tudo é um trabalho de pesquisa. Comprar por impulso está mais ligado a área da decoração do que a área das artes visuais relacionada as galerias e museus.

E o melhor caminho para quem deseja iniciar na compra de obras de arte é estudar mais os artistas que estão na ativa, através das exposições e acompanhando museus e a partir daí definir os artistas e técnicas de mais interesse.

O primeiro passo é descobrir o que gosta nas artes, a partir dos artistas que estão no mercado.

Outra dúvida muito frequente é:

P : Uma vez que eu tenha uma ideia do que eu gosto como eu vou atrás.

R : Quando você descobre o que realmente gosta fica tudo mais fácil. A gente tem que ter um norte pra seguir a diante, não tem jeito. E uma vez que você descobriu alguns artistas que gosta, artes que admira é hora de se aprofundar nas buscas. Os artistas mais “renomados” do mercado costumam estar atrelados as Galerias. O legal que quando o artista é atrelado a uma empresa já é uma forma de conhecer outros artistas parecidos. As Galerias costumam trabalhar com certa harmonia visual em relação ao time.

Essa é outra pergunta clássica para quem deseja iniciar uma coleção:

P : Devo comprar arte para decoração ou investimento?

R : A arte tem muitos benefícios positivos – enriquece, embeleza e melhora o ambiente; faz você pensar; mostra novas maneiras de ver as coisas; apresenta-lhe perspectivas únicas, incomuns e fascinantes; melhora a qualidade de sua vida; informa e educa; envolve sua psique; expande sua mente, e simplesmente faz você se sentir bem quando olha para ela. Em vez de pensar em arte como investimento e em termos de reais, considere seus numerosos benefícios não monetários e equilibre com o investimento. A aquisição de uma obra é estabelecida por inúmeros fatores. Leve todos em conta.

P : Como decido quanto gastar?

Não vá depressa demais; Comece comprando mais arte com preços razoáveis. À medida que você se torna mais experiente e confiante em sua coleta, você pode aumentar gradualmente seu preço por peça. Uma vez que você entenda melhor o mercado e especialmente a arte e os artistas que você coleciona. Se o melhor trabalho é muito caro ou você não é tão experiente, comece por trabalhos mais em conta e vá escalando até o seu limite. E sempre tenha em mente que tem arte de tudo que é valor, você com toda certeza vai conseguir uma faixa de valor que caiba no seu bolso.

P : Como faço para encontrar galerias, revendedores, artistas, sites e outros tipos de vendedores de renome?

O ideal é acompanhar as feiras de arte que acontecem anualmente nas principais cidades do país. Caso não dê para visitar acompanhe pelo site das feiras. Essa sempre é a melhor saída. As galerias de maior renome estão presentes nessas feiras. Buscar em revistas especializadas também é uma boa alternativa. Temos alguns projetos como Circuito Art, revistas como Dasartes e Select que sempre apresentam os melhores espaços.

P : Comprar on-line é seguro?

A compra on-line é segura quando você faz uma pesquisa prévia sobre o espaço. Verifica quantos anos a empresa está no mercado. Se os valores comercializados são muitos discrepantes de outros lugares. Outra boa dica é ligar para operadora de crédito e perguntar se a galeria é homologada. Normalmente as operadoras de crédito seguem um rigoroso padrão de homologação de empresas. Fuja de empresas que tem Pagseguro como opção de pagamento. O Paypal é mais seguro.

P : Eu posso comprar diretamente do artista?

Você pode comprar diretamente do artista. É uma experiência interessante o contato direto com o artista. Nós recomendamos. O maior problema que muitos bons artistas não comercializam sua obra diretamente com o cliente e isso pode ocorrer por muitos motivos como ele ter um representante e contrato de exclusividade, por ele não gostar de tratar com clientes, enfim, são muitas possibilidades e nem sempre dá certo a compra direta.

O nosso conselho e faça uma tentativa, se tem algum artista que você queira conhecer, por que não? Com as redes sociais ficou muito mais fácil conversar diretamente com os artistas, o máximo de negativo que pode acontecer é você não receber resposta ou ele direcionar você para o representante.

About The Author