A arte é acessível a todos, hoje conseguimos adquirir obra de arte até através de troca. Temos uma grande disponibilidade de mídias para adquirirmos obra de arte e muitas vezes conseguimos comprar diretamente dos artistas como é o caso do artista Daniel Melim.
A internet se tornou aliada de quem quer começar a comprar arte, o que antes era um pequeno admirador de museus e galerias atualmente já está maduro para adquirir sua primeira obra de arte ou mesmo fazer sua primeira coleção de arte contemporânea utilizando as paredes como suporte desta mini galeria de arte.
O mercado dos múltiplos vem ajudar essa nova geração de compradores a adquirir o gosto pela arte e de forma consciente começar sua primeira coleção de arte para colocar nas paredes mesmo e não é uma mapoteca ou armário.
Toda arte traz uma história por trás e essa história se bem contada sempre surpreende e entretém as pessoas a sua volta. Não existe coisa mais legal que percorrer a casa contando uma história para os amigos através das obras na parede. A história do artista se mistura com a história de seu proprietário e com o contexto atual em que vive, por isso muito dizem que a arte tem seu próprio “espírito”, é esse lado inexplicável da arte que diferencia uma simples paisagem de uma obra de arte contemporânea e que vai trazer harmonia no ambiente.
As gravuras por serem colecionáveis e terem preços acessíveis se tornam ideais para quem quer começar a consumir arte e criar uma trajetória de compra, admiração e reflexão na arte contemporânea. A maioria dos grandes artistas produzem gravura as tornando acessíveis a todos, muitas vezes como no site da Galeria de Gravura o comprador pode dividir em inúmeras vezes, ele consegue negociar melhores valores e tornar o sonho em realidade.
A gravura é acessível principalmente quando você pensa que tem que comprar 5, 6, 10 gravuras para decorar um ambiente inteiro. Para termos um ideia, vamos pegar como exemplo o principal artista de pintura da Contemporaneidade, Paulo Pasta, que na opinião de muitos críticos é o pintor contemporânea que melhor representa a arte brasileira. Um quadro desse artista vai custar R$ 800.000,00 já uma gravura você consegue comprar por R$ 3.000,00. Sendo que é uma obra produzida pelo próprio artista e assinado por ele a punho.
Eu dei um exemplo de gravura cara, mas como falei no início do artigo hoje conseguimos ter obras de arte originadas de troca e a partir de R$ 1,00, Eu conheço um artista que faz desenhos a R$ 1,00. Ele vende muito em suas exposições. Teve uma exposição que a pessoa pagava quanto queria pelo trabalho. Seus desenhos maiores são bem mais caros, mas nesse princípio da arte acessível é só procurar que é possível encontrar arte contemporânea boa e barata.
Nós da Galeria pensando em tornar a arte ainda mais acessível e criamos uma página com obras de até R$ 200,00. Assim comercializamos obras por valores bem inferiores que no geral do site, muitas obras estão a preços de custo ou até mais barato que pagamos.
Algumas outras iniciativas são bem próximas a nossa. Você também vai encontrar arte barato em praças como a Benedito Calixto de sábado em São Paulo ou as tradicionais de arte contemporânea como a Feira Parte.
Outra forma de adquirir obras mais em conta é negociando diretamente com o artista. O primeiro passo é descobrir os artistas que você tem interesse, depois procurar eles nas mídias sociais e tentar contato para aquisição das obras, nem sempre dá certo, pois muitos artistas não querem ficar negociando arte, de qualquer forma vale a tentativa e se der certo, com certeza a experiência vai ser outra.

Leave a Reply

Your email address will not be published.