Durante mais de 30 anos, o artista polonês Edward Krasinski (1925—2004) viveu e trabalhou em um ateliê no centro de Varsóvia, localizado num bloco de habitação típico dos anos do regime socialista. Ali, dividindo espaço com o pintor Henryk Stazewski (1894—1988), Krasinski realizou uma série de experimentos no espaço, transformando o apartamento numa complexa obra ambiental e numa plataforma em transformação para a aproximação entre arte e vida. Este ateliê foi aberto ao público para visitas agendadas em 2007, e ainda hoje é mantido pela galeria Foksal, deixando vivo o espírito de vanguarda que sempre representou no contexto do leste europeu. Em 2011, a artista franco-americana Babette Mangolte visitou o apartamento e realizou um filme composto de planos-sequência que retratam o atual estado do ateliê. Apresentado numa sala que separa uma instalação de Krasinski de uma mostra panorâmica de Mangolte, como numa espécie de transição e fusão entre as obras dos dois artistas, o vídeo ressalta uma certa abertura para o mundo (do ateliê, da arte) e o caráter colaborativo que marca as obras de Krasinski e Mangolte.

About The Author

Leave a Reply

Your email address will not be published.